Ciser é campeã do Prêmio Stemmer de inovação

Líder na fabricação de parafusos e porcas na América Latina, a Ciser conquistou o terceiro reconhecimento à sua política de inovação no período de um mês. Depois de ser premiada como uma das 50 companhias mais inovadoras do Sul do país, pela Revista Amanhã, e figurar entre as três empresas contempladas pelo Prêmio de Inovação de Joinville, a indústria recebeu, em Florianópolis, o troféu de campeã na categoria Empresa Inovadora de Médio ou Grande Porte do Prêmio Stemmer Inovação Catarinense, oferecido pelo governo estadual por meio da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina).

O projeto vencedor foi o NanoTec® , um selante de base nanotecnologica que apresenta alta versatilidade para aplicação em superfícies metálicas, aumentando em até 20 vezes a resistência à corrosão sem interferência no aumento de espessura da camada, que em algumas aplicações poderia gerar problemas de montabilidade do produto final. As outras finalistas da categoria foram a Bry Tecnologia e a Embraco.

O troféu foi entregue pelo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Gilberto Kassab.

“No nosso mercado existem vários tratamentos de superfície para prevenir a corrosão, muitos deles utilizados há quase 100 anos. São raríssimas as inovações. Por isso, nos propusemos a trazer uma nova tecnologia, diferente de tudo o que existia até então, e esse novo reconhecimento por parte da FAPESC mostra que estamos no caminho certo e nos estimula a manter o trabalho voltado à inovação, que é um dos pilares do nosso planejamento estratégico e possibilita nos manter competitivos frente a um mercado cada vez mais exigente”, avalia Adelton José Rossetto, gerente de Engenharia, Manutenção e Qualidade e Inovação da Ciser.