Reconhecimento colocado em práticaGanhadores de edições anteriores do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica colhem resultados de suas inovações

A ideia inicial era desenvolver um equipamento capaz de identificar trincas microestruturais em parafusos de aço inoxidável, sem danificá-los, com o intuito de evitar possíveis desgastes ou colapsos. E foi exatamente isso que o estudante de engenharia mecânica David Domingos Soares da Silva colocou em prática para ser consagrado na 4ª edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica, realizada em 2013. Premiado na categoria ensino superior, o paraibano trabalha em parceria com a Ciser no aprimoramento do produto, para futura possibilidade de transferência de tecnologia. “O equipamento realiza uma varredura magnética que identifica corrosões não perceptíveis a olho nu, avaliando o grau de comprometimento mecânico do parafuso, com indicação de localização, tamanho e profundidade”, explica Soares.

A solidificação do projeto e seus avanços somente estão tornando-se possíveis em virtude do destaque que o projeto obteve a partir de sua inscrição no Prêmio CISER de Inovação Tecnológica. Justamente por essa razão, o estudante está ansioso para a edição deste ano da premiação e já fez sua inscrição. Segundo ele, a participação do prêmio impactou sua vida acadêmica e profissional de forma muito positiva, principalmente em função do networking agregado durante sua contribuição junto ao evento.

Este é o caminho traçado por muitos participantes do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica, repetido pelo jovem Elivelton Scheuermann, que também pretende se inscrever pela segunda vez. Na última edição, o estudante foi premiado na categoria curso técnico e agora desenvolve projetos inovadores em parceria com a empresa que lhe abriu as portas.

Outras iniciativas inovadoras também virão à público, se consagradas na 5ª edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica. Acadêmicos universitários, alunos de cursos técnicos e estudantes de graduações em mestrado e doutorado têm até o dia 31 de maio para aproveitarem a oportunidade de ver seu projeto reconhecido.

Os projetos inscritos deverão apresentar novos produtos, novas formas de aplicação ou alterações em itens já existentes no mercado. Serão aceitas também propostas que visem melhorias nos processos de produção de elementos de fixação. Sendo coerente com a temática, o trabalho será avaliado em critérios como impacto inovador, aplicabilidade, viabilidade técnica, viabilidade de mercado e qualidade. A inscrição dos deve ser feita pelo site www.premiociserdeinovacao.com.br, onde também é possível ter acesso ao regulamento completo.

O Prêmio CISER de Inovação Tecnológica conta com o apoio de entidades ligadas à inovação, como o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), FAPESC, FAPEMIG e Anpei, e com o patrocínio da Gerdau, e do Banco HSBC. São empresas que, assim como os apoiadores, apostam na criatividade e na inovação como motores para o desenvolvimento e o sucesso.

Assessoria de imprensa Ciser.
Jornalista responsável: Guilherme Diefenthaeler (reg. prof. 6207/RS).
Texto: Mayara Pabst. (47) 3025-5999